sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A GALOPE NUM CAVALO BRANCO



A galope num cavalo branco
Nunca deixei de sonhar!
Que a paz, o amor, a harmonia
Um dia iria alcançar!

A galope num cavalo branco
Percorri mundos sem lei
Voei por entre as galáxias
Em busca de amor e paz
E por fim, o encontrei!

A galope num cavalo branco
Na sua garupa aprumado!
Erguerei as mãos aos céus
Envolto num mar de véus
Por te ter amor, encontrado!

A galope num cavalo branco
Nunca perdi a esperança
Cavalguei sempre, sem parar
Para contigo amor, brindar
Juntos bailar, esta dança!

A galope num cavalo branco
Neste mundo, imundo, agreste
As trombetas tocaremos
Juntos então, entraremos
No Paraíso Celeste!

Mário Margaride

8 comentários:

  1. A galope num cavalo branco: era assim que eu sonhava um dia encontrar um príncipe que me encantasse...
    Ainda bem que o amigo Mário encontrou o amor, fico muito contente.
    Bj

    ResponderEliminar
  2. Um poema de esperança perseguida e encontrada; ainda bem que encontrou o amor, ânsia de todos nós.
    Bom fim de semana, bj

    ResponderEliminar
  3. Meu amigo, venho deixar-te beijos no coração e desejar-te um ótimo fim de semana!!

    :)

    ResponderEliminar
  4. Mário

    O segredo que te dá força e concretização, é, exactamente, como dizes ."(...)Nunca deixei de sonhar!(...)". Isto resulta no final triunfante de que "(...)Juntos então, entraremos
    No Paraíso Celeste!".
    Bem dito. Parabéns

    Abraços

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Meu querido Mário

    Mais um belo poema de amor...que as tuas palavras se eternizem no coração de quem amas.


    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  6. Que beleza neste teu poema....

    Que lindo galopar num cavalo branco rumo ao amor da sua vida...

    Expressas sempre com imensa beleza o teu sentir.

    Bom fim de semana

    Bjgrande do Lago amigo Mário

    ResponderEliminar
  7. Nunca devemos, nem perder a esperança, nem deixar de sonhar! Deixemo-nos ser eternamente crianças...

    Grata pelas visits e doces palavras: são importantes para mim, meu bom amigo.
    Obrigada e perdoa eu vir tão escassamente- nem sempre tenho tempo para colocar em ordem as respostas aos comentários que recebo. tentarei corrigir isso, prometo!
    Bj

    ResponderEliminar
  8. Belo poema Mario,
    com tua Fé e Esperança
    cavalgastes sem parar
    e encontrastes teu amor...

    Que seja muito feliz Mario

    Beijinhos

    ResponderEliminar