quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

NO SILÊNCIO DO MEU QUARTO VAZIO


No silêncio do meu quarto vazio
A essência de ti…me invade

Me inebriando com o seu perfume
Com a sua magia…

Ouço o som da tua voz

O eco dos teus passos

O bater do teu coração.


No silêncio do meu quarto vazio
Sinto o calor do teu corpo…

O sabor dos teus beijos…

O toque das tuas mãos…

O teu olhar penetrante

Os teus cabelos longos

O teu sorriso inebriante.

Envolto nesta magia

Neste êxtase

Que me possui

Fazendo-me levitar…

Para um universo que desconheço

Para lá da razão

Da racionalidade

Neste torpor que me invade

Adormeço…
No silêncio do meu quarto vazio.


Mário Margaride

5 comentários:

  1. Arrebatador...senti um friozinho "na espinha"!!!!

    ResponderEliminar
  2. Meu querido Mário

    Que o ano de 2012 seja pleno de amor e felicidade...paz e prosperidade...repleto de realizações e sonhos concretizados...que a vida seja uma suave e doce melodia.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  3. Num quarto silencioso ouve-se com mais força o palpitar do amor, ainda que esse quarto esteja vazio o que importa é a recordação que perdura no nosso coração.
    Lindo e romântico poema

    ResponderEliminar
  4. Meu querido Mário

    Que os teus caminhos neste ano que está a começar sejam iluminados de amor e paz e que os teus sonhos sejam a concretização de todos os desejos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. Mário

    Belíssimo Poema, Amigo.

    No silêncio do teu quarto, vazio, escuta-se e sente-se todo o Amor sublime que nos levanta a Alma e nos deixa repousar no sono da imaginação.

    Que tenhas um Bom Ano... Poético, também.

    Abraços

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderEliminar