segunda-feira, 10 de outubro de 2011

RECORDAÇÕES


Lembro-me bem amor, como foi antes
Onde juntos passamos, noites de mel…

Onde os lençóis se confundiam, com a pele

E rolamos nossos corpos, escaldantes…


Minhas mãos deslizaram, carinhosas
E pairaram como aves…levemente

Pelo teu corpo passearam docemente
Pousando no teu ventre, fervorosas!

Momentos que recordo e não esqueço…

Pagaria qualquer resgate, qualquer preço!

Para te ter eternamente, a meu lado


É este amor, esta paixão, que alimento

Que trago dentro de mim, e que sustento…

E faz com que eu viva…apaixonado.


Mário Margaride

6 comentários:

  1. Meu querido Mário

    Lindo e apaixonado o teu poema,cheio de sensualidade.
    Adorei e deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Seu soneto exala as lembranças do mais puro amor!
    Que o amor nos inspire sempre Amigo Poeta!
    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  3. Um sonetoo cheio de recordação e ...PAIXÃO! Simplemnete adorável.
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Meu querido

    Passando para deixar um beijinho e desejar uma semana boa.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  5. Olá, Mário!

    Teus poemas são sempre belos! Carregados de emoção e sensualidade, mas sem "escorregar" para a banalidade.

    Tenha uma ótima semana, amigo!

    Uma beijoca,

    neli

    ResponderEliminar