segunda-feira, 22 de agosto de 2011

SEJAM BEM VINDOS MEUS AMIGOS!

Queridos amigos: devido a motivos de saúde
estive algum tempo ausente no mundo da blogoesfera
o que muito me entristeceu.
E, como se esse motivo já não fosse desagradável
fiquei sem acesso ao meu blogue "PALAVRAS QUE FALAM".
devido à prolongada ausência a que fui sujeito, perdi a palavra passe
Não tive alternativa senão, criar outro blogue.
É este que aqui podem ver.

Ainda não está completamente operacional, mas aos poucos
vai ficando ao meu gosto, ao meu estilo.

Espero que gostem.

Beijos e abraços!

Mário




JUNTO AO MAR


O vento sopra de mansinho
junto ao mar imenso
que nos rodeia
onde as ondas bailam alegremente
ao sabor da maré.

Junto ao mar
onde o vento fustiga levemente
penso em ti meu amor...
nos teus beijos ardentes...
nos teus ternos e doces carinhos...
no teu corpo que me enlouquece...
Junto ao mar
onde o vento sopra de mansinho
sinto saudades tuas...meu amor!

Gil Moura (Mário Margaride)

14 comentários:

  1. Seja bem vindo, caro amigo, tive saudades dos seus escritos. Espero que nos presenteie de novo com as suas belas obras.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga Felipa, boa noite! É com muita satisfação que recebo a tua simpática visita, que muito me fez feliz.

    Com certeza, que vou continuar a escrever os meus poemas.

    Beijinhos e uma excelente noite!

    ResponderEliminar
  3. Olá amigo Mário!

    Seja bem vindo!Já vi que o amigo retorna em grande estilo!

    Que poema mais terno!!!!

    Obrigada pela visita, e fico muito feliz com tua volta! Espero que a saúde esteja 100%!

    De coração, Neli

    ResponderEliminar
  4. Olá querida amiga Neli, boa noite!

    É um prazer ter-te aqui neste meu novo cantinho. Felizmente, estou muito bem.

    Obrigado, pelo carinho e amizade.

    Beijinhos, e uma excelente noite!

    ResponderEliminar
  5. Olá Xa. Obrigado, pela visita.

    Beijocas...

    ResponderEliminar
  6. Olá Mário, cá estou eu nas tuas palavras ao vento e claro que terei muito gosto em continuar a ler os teus lindos poemas. PALAVRAS AO VENTO...até podem ser, mas são belas palavras. Eu acho que nem tudo o vento leva meu amigo...Escreveste um belo poema ao mar. É realmente sedutor. Tem tanto de rebeldia como de calmaria. Nós por vezes somos assim. Adorei o poema. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  7. O mar é a musa que sopra ao ouvido
    sedente de fogo.

    Bem vindo de novo.

    Que a vida te sorria.

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Olá Rosa, boa tarde! É um grande prazer voltar a ter os meus amigos neste novo cantinho, especialmente os que mais gosto.

    Beijinhos querida amiga.
    Tudo de bom para ti.

    ResponderEliminar
  9. Obrigado, amiga Fá-menor, pela tua sempre simpática e amiga visita.

    Beijinhos e uma excelente terça feira.

    ResponderEliminar
  10. Olá Mário

    Que saudades eu tinha de te ler e abraçar os teus fantásticos e belos poemas.
    Já tinha andado por aí a ver se te encontrava.
    Espero que tenhas resolvido o teu problema de saúde e te encontres totalmente recuperado e cheio de força para seguir em frente.
    Como sempre um poema de encantar, na saudade desse amor que te acompanha sempre...

    Felicidades e bom regresso

    Com imensa amizade

    Bjgrande do Lago

    ResponderEliminar
  11. Querido amigo, aqui estou para encantar-me com seus poemas, é um prazer visitar seu blog. Sucesso e um feliz regresso. Um abraço do tamanho desse imenso oceano que nos separa.

    ResponderEliminar
  12. Olá amiga Garça. É verdade minha amiga. As saudades são recíprocas. Mas, doravante, estarei aqui com a frequência e entusiasmo de sempre.

    Beijinhos de carinho e amizade.

    ResponderEliminar
  13. Querida amiga Marilu. É um prazer rever-te aqui neste meu novo espaço. Espero estar à altura da vossa exigência poética.

    Beijinhos grandes!

    ResponderEliminar